Thelma Tschope Nutricionista CRN 25654
Marque sua consulta

(11)3768-0123
(11)99100-9661

Evden eve nakliyat platformu istanbul izmir van ve civarinda nakliye firmalari icin dogru yerdesiniz. Firmalarin listesi icin lutfen ziyaret ediniz. van nakliyat firmalari evden eve nakliye

Chás como aliados da saúde.

Chá para emagrecer, chá para desinchar, para acalmar, para esquentar do frio, chá para tirar a ansiedade, para gripe, etc. Todo mundo já ofereceu, ou viu alguém oferecer um chá para uma dessas situações. Atualmente é grande o número de pessoas que perguntam se o chá realmente emagrece. O sujeito principal desta hipótese é o chá verde.

O chá é uma bebida de origem chinesa. É uma infusão, proveniente da imersão de folhas, ervas ou flores de alguma planta em água fervente. Porém, a preparação do chá verde difere um pouco dos demais, a água não deve estar fervendo, pois do contrário as folhas acabam sendo cozidas e proporcionando um gosto amargo à bebida. O tempo de infusão também não deve ser maior que 3 minutos. O chá verde é derivado da camellia sinesis, uma planta que dá origem a vários outros chás.

Todos os chás derivados da camellia sinensis podem ter ação anti-cancerígena e anti-inflamatória, além disso esses chás ainda podem ajudar na digestão, na ativação do sistema imunológico, na prevenção da queda de dentes, ajudar na redução do colesterol,  no aumento no gasto energético e aceleração do metabolismo do fígado (oxidação de gorduras), atuam como desintoxicante, entre outros.  São quatro os tipos de chás mais utilizados proveniente da camellia sinensis: chá verde, chá branco, chá preto e chá vermelho.

 

CHÁ BRANCO: O chá branco é colhido quando as folhas da camellia ainda estão bem jovens, ou seja, o que diferencia esse chá é quando as folhas desta planta serão colhidas. As pesquisas indicam que o chá branco, por ter as folhas mais jovens, possui maior concentração de catequinas, que são as principais substâncias ativas do chá branco e do chá verde. Além de possuir maior concentração de catequinas, os estudos indicam que estas catequinas do chá branco são mais ativas que as catequinas de outros chás. Portanto, os estudos sugerem que, por apresentarem essa maior concentração de catequinas, seu efeito é mais potente. Porém, é importante lembrar que há pouquíssimos estudos sobre esse chá em humanos.

CHÁ VERDE: É chamado de verde porque as folhas da camellia sofrem pouca oxidação durante seu processamento. Os estudos indicam que o consumo ideal de chá verde para garantir os benefícios das catequinas é de 4 a 5 xícaras por dia.

CHÁ VERMELHO: É derivação do chá verde que adquiri características particulares depois de passar por alta fermentação. Suas folhas ficam armazenadas em barris, sob condições especiais, onde permanecem por vários anos, assim como o vinho. O consumo excessivo desse chá pode causar insônia, aumento da ansiedade e sintomas de TPM, entre outros.

CHÁ PRETO: É o chá verde que foi torrado para adquirir sabor diferenciado. Além das propriedades já faladas, esse chá é comumente indicado para ajudar na digestão, sendo ingerido logo após as refeições, porém, isso pode atrapalhar a absorção de vários nutrientes.

 

Não é recomendado o consumo de chás junto com o almoço e o jantar, pois pode interferir na absorção de micronutrientes. Os chás podem ser preparados em uma quantidade suficiente para ser ingerido ao longo do dia. Porém, é importante lembrar que ele nunca deve ser reaquecido.

Portanto, o consumo regular desses chás oferece diversos efeitos protetores ao organismo, devido à redução do processo inflamatório de uma maneira geral, auxiliando na prevenção do desenvolvimento de doenças crônicas como o câncer, diabetes e doenças cardiovasculares, além de poder auxiliar na perda de peso, quando associado a outras mudanças na alimentação e hábitos de vida. Porém, é muito importante consultar um profissional especializado antes de consumir diariamente um tipo de chá, pois eles são ricos em alcalóides como a cafeína, e outras substâncias causadoras de efeitos colaterais, como distúrbios do sono, esofagite de refluxo e úlcera gástrica.  Além disso, crianças, gestantes, hipertensos e cardíacos não devem fazer uso desses chás.

 

Escrever uma resposta ou comentário

Vá para o Topo