Estudo relaciona excesso de refrigerantes com doenças pulmonares

Gostou? Compartilhe

Estudo relaciona excesso de refrigerantes com doenças pulmonares

O consumo de refrigerantes associa-se a uma série de doenças crônicas, mas nenhum estudo havia demonstrado uma relação com o desenvolvimento da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), como a asma brônquica, bronquite crônica ou enfisema pulmonar.

Um estudo que avaliou 16.907 indivíduos adultos, residentes no Sul da Austrália, demonstrou uma associação positiva entre o consumo elevado de refrigerantes e o desenvolvimento da DPOC.

Os dados do estudo foram coletados a partir de um sistema de vigilância de fatores de risco para doenças comuns.Entre os 16.907 participantes do estudo, 11,4% relataram um consumo diário de mais de meio litro de refrigerantes.

Altos níveis de consumo de refrigerantes foram positivamente associados com o desenvolvimento da DPOC. Após uma análise estatística, a qual excluiu outros fatores de risco e aspectos do estilo de vida, os pesquisadores observaram um aumento de 26% no risco relativo de asma brônquica e, 79% no risco relativo de bronquite crônica ou enfisema pulmonar entre os consumidores de grandes quantias de refrigerantes, quando comparados com aqueles indivíduos que não consumiam tais bebidas.

Publicada por  Dr. Tufi Dippe Jr

Fonte: Respirology.

Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Thelma Tschope Nutricionista CRN 25654
Eu atendo em consultório em São Paulo, SP. Você quer agendar uma consulta comigo? Preencha os seus dados abaixo e entraremos em contato o quanto antes. coloca local para cadastro
Enviar