Aprenda a comer fora com qualidade e sem engordar!

Gostou? Compartilhe

No Brasil, nas grandes cidades, a população tem um gasto médio de 31,1% com despesas alimentares em consumo fora do domicílio, de acordo com a recente Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) do IBGE (2008-2009). Este índice vem aumentando com tendência a um crescimento muito maior com o passar dos anos. A necessidade obriga e a correria do dia-a-dia, os deslocamentos entre casa e trabalho, que às vezes são muito longos e dos custos com transporte e combustível, não nos oferecem outras opções.

Mas você sabe o que comer para se manter saudável sem influenciar o ponteiro da balança?
As “tentações” expostas em restaurantes self services são muitas e nosso paladar fica mais aguçado diante dos alimentos calóricos, com alto teor de gordura e açúcares e baixo valor nutricional.

O segredo é a escolha
A crescente preocupação com a nutrição e saúde, faz com que os restaurantes ofereçam opções de pratos lights e mais saudáveis.
O primeiro passo para não cair em “armadilhas” na hora da refeição é a escolha do restaurante. É importante que tenha um estilo compatível com o seu padrão alimentar.

Montando seu prato

Comece com a salada: Misture hortaliças e legumes crus ou cozidos e deixe seu prato bem colorido. O melhor tempero é o azeite e fuja dos molhos à base de cremes e queijos, altamente calóricos.

Arroz e feijão: Consuma sempre! A combinação é excelente e tipicamente brasileira. O consumo tem se reduzido por serem substituídos por guloseimas oferecidas pelos restaurantes. Isto é um erro! Além de fornecerem diversos nutrientes, se completam e compõem aminoácidos necessários ao nosso organismo. E não se esqueça, sendo consumidos com moderação, não engorda!

Para variar: Faça substituições saudáveis, arroz branco por arroz integral, macarrão, batatas ou mandioca; feijão por lentilha ou grão de bico. São alimentos ricos em fibras e muito saudáveis.

Prato protéico: Dê preferência a carnes magras e grelhadas e se possível consuma, na maioria das vezes, carne de frango e peixes.

Líquidos: Beber ou não beber? O ideal é consumi-los uma hora antes ou uma hora depois das refeições, mas se ingerido durante não será tão problemático, desde que não ultrapasse a 200 ml. Dê preferência a água ou sucos de frutas, evitando os refrigerantes.

Sobremesa: Não há necessidade de evitar. Dê preferência às sobremesas mais leves como saladas de frutas e gelatinas, e se a vontade de comer um doce for maior que você, escolha compotas e doces caseiros, mesmo tendo açúcares no preparo, são mais saudáveis que aqueles a base de cremes e caldas.

Mantendo uma rotina alimentar saudável seu organismo só terá benefícios e será muito mais fácil controlar o seu peso.

Bom apetite e seja feliz!

Fonte: Sentir Bem

Poderá gostar:

Acabe com as pegadinhas que envolvem a alimentação saudável
Esqueça por um instante os manuais complicados de nutrição!

 

 

 

Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Thelma Tschope Nutricionista CRN 25654
Eu atendo em consultório em São Paulo, SP. Você quer agendar uma consulta comigo? Preencha os seus dados abaixo e entraremos em contato o quanto antes. coloca local para cadastro
Enviar