Exercícios físicos para crianças

Gostou? Compartilhe

Antes de iniciar vários artigos sobre suplementação neste site gostaria de mostrar a importância e os benefícios que exercícios físicos podem trazer as pessoas de varias faixa etária. Falar de crianças para mim é urgente, pois diariamente atendo crianças com excesso de peso e o que mais me preocupa é que elas na sua maioria já chegam com colesterol e/ou triglicerídeo elevado devido ao estilo de vida atual, colocando em risco o sistema cardiovascular. Já sabemos que alimentação inadequada e diversões sem gasto calórico são os maiores causadores deste quadro no Brasil.

As maiores dúvida dos pais são:

  • Crianças podem fazer dieta igual adultos?
  • Exercício físico não prejudica o crescimento?
  • Que tipo de dieta e exercícios é o recomendado?

O que se propõe não é dieta para criança e sim uma mudança de hábitos alimentares de todos os membros da casa em que essa criança convive.

Exercícios físicos devem ser praticados por todas as crianças com ou sem excesso de gordura corporal. O suporte familiar é importante, os pais devem dar exemplos na alimentação e na prática de exercícios físicos.

O tipo de exercícios varia de gênero e faixa etária. As meninas se identificam muito com ginástica e dança, mas não é uma regra. Os meninos já em idade escolar adoram esportes coletivos e competitivos tais como: futebol, vôlei, karatê, judô e etc. Sempre pergunto ao meu pequeno paciente o que ele gostaria de fazer, pois muitos pais querem direcionar a atividade física por achar que, por exemplo, natação aprende a nadar, karatê serve como defesa pessoal e etc. Oriento os pais que no primeiro momento as crianças precisam gostar de fazer exercícios e que depois aos poucos irão se identificar com alguma modalidade. Ademais, são poucos os que permanecem toda a infância e adolescência praticando a mesma modalidade, pois quando menos se espera, eles querem experimentar outras modalidades esportivas.

A criança e o adolescente respondem bem a 30 – 40 minutos de atividade física, 3 vezes na semana. O exercício físico além de ajudar na redução da gordura corporal pode fortalecer ossos e músculos, desenvolver equilíbrio e flexibilidade, um conjunto de fatores fisiológicos que irão contribuir para um crescimento saudável.

O exercício físico não precisa ser competitivo, mas se criança assim o quiser posso afirmar algo que vivi na prática trabalhando com adolescentes esportistas, eles aprende a trabalhar em equipe, aceitar derrotas e compartilhar vitórias, valores que irão levar por toda uma vida.

Os pais devem buscar o tratamento com o pediatra, nutricionista e educador físico. Os resultados dos exercícios físicos para crianças com foco em perda de gordura corporal virão em longo prazo, mesmo associado com reeducação alimentar, mas o mais importante é não permitir que nossas crianças se tornem adultos obesos sedentários.

Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Thelma Tschope Nutricionista CRN 25654
Eu atendo em consultório em São Paulo, SP. Você quer agendar uma consulta comigo? Preencha os seus dados abaixo e entraremos em contato o quanto antes. coloca local para cadastro
Enviar