Thelma Tschope Nutricionista CRN 25654
Marque sua consulta

(11)3768-0123
(11)99100-9661

Evden eve nakliyat platformu istanbul izmir van ve civarinda nakliye firmalari icin dogru yerdesiniz. Firmalarin listesi icin lutfen ziyaret ediniz. van nakliyat firmalari evden eve nakliye

Faça suas compras de supermercado com sabedoria e prudência!!!

Nós aprendemos e conhecemos sobre os alimentos, quando os comemos, é a partir desse momento que nosso cérebro os inscreve em seu repertorio alimentar. Você nunca se perguntou por que às vezes sente uma vontade especifica de comer esse ou aquele alimento? Não temos consciência  mas o alimento nesse caso contém um nutriente o qual nosso organismo está necessitando no momento especifico. Existem trabalhos no campo da neurofisiologia de alimentação que mostra que nosso cérebro registra não apenas o prazer gustativo de um alimento, mas também o que ele nos proporciona a nível metabólico.

Construa seu repertório alimentar! E fique em paz com seu corpo!!

Quando nos orientamos habilmente e encontramos o alimento que nos convém através de nosso repertorio alimentar, fica mais fácil nos manter saudáveis e em paz com nosso corpo. Se você ainda não está familiarizado com seu repertorio alimentar, você pode alterar isso. Cada família ou pessoa estabelece uma lista de alimentos que mais gosta, de carnes, peixes, queijos, ovos, frutas, legumes e outros. Esses alimentos podem ser chamados de alimentos de base, com os quais você pode elaborar muitas receitas praticamente constantes e dessa forma, você consegue construir um repertorio de produtos de base.

Antigamente as casas de produtos alimentares ofereciam, em torno de duzentos, trezentos tipos de produtos alimentares, atualmente, é oferecida pelos grandes especialistas em produtos alimentares ou supermercados, uma gama infinita de alimentos e a cada vez que comemos sentimos um gosto novo, diferente. Maravilhoso ao bel prazer, por outro lado, pobre de nosso repertorio alimentar que sofre com tanta variedade e sem tempo de assimilar tamanha aventura. Somos dessa forma, conduzidos a viver em um mundo alimentar desconhecido, toda nossa regulação alimentar referente a quantidade e qualidade dos alimentos tão necessários para manter nosso equilíbrio físico e emocional, torna-se complicado.

Como contornar essa dificuldade?

Precisamos nos lembrar e reencontrar os prazeres simples, aqueles que nos trazem os alimentos simples, de base. Por exemplo, um pequeno pedaço de pão e um pouco de água também pode nos dar prazer. Existe algo melhor que um copo d água fresca quando estamos com sede? Se estiver realmente com fome, tem algo melhor que sentir o cheirinho de pão crocante que acabou de sair do forno?  Se não estivermos com apetite ou fome, ou seja, se nosso organismo não estiver pedindo nada, com certeza, sentiremos apenas um prazer alterado, misturado. É bom lembrar que respeitar nossas sensações e emoções alimentares não nos impede de também desfrutar outros alimentos mais sofisticados ou de nos dar prazer uma vez ou outra diante de uma  mesa farta.

Os prazeres simples se satisfazem dentro de uma cozinha também simples. Por exemplo, um ovo ou um peixe deve ser preparado dentro da simplicidade, isto é, quando os produtos são bons, frescos, não precisamos realmente misturar muito tempero, sofisticar demais, utilizar produtos industrializados. A publicidade de produtos alimentares, o tempo todo, tenta nos induzir a mudar nossos prazeres simples. É um bombardeio de anúncios, propagandas com pessoas lindas comendo ou bebendo algo diferente, que fica difícil manter fidelidade ao nosso gosto. Quando ficamos suscetíveis a essas manobras do mercado, perdemos nosso repertorio alimentar e com ele nossa intuição que nos diz o tempo todo aquilo que realmente nosso organismo necessita e quer.

Para evitar a obesidade mantenha-se fiel ao seu repertorio de base ou aos produtos que realmente sabe que aprecia.

Quando for fazer compras no supermercado:

  • Compre apenas a quantidade que vai utilizar.
  • Não faça estoque de alimentos em casa. É melhor faltar algum alimento e você completar com outro que já tenha em casa do que sobrar.
  • Faça uso de suas receitas leves e não fique inventando com todo tipo de tempero. Uma vez que você já conhece a receita e gosta da mesma, significa que esse sabor já faz parte de seu repertorio familiar e te traz satisfação, aproveite e se satisfaça!!!!
  • Se precisar ou quiser consumir produtos industrializados que são tantos, conheça uma marca e também seja fiel a ela se você apreciar, isso o ajudara a não ficar experimentando tudo o que aparece de novidade.

Enfim, manter um repertório alimentar, não significa que você deva ser o tempo todo um conservador e fora do mundo. Você pode enriquecer seu repertório, e se divertir com isso se de vez em quando você criar novas receitas, deixando-as no ponto que quer. Como você vê, não é tão difícil.  Mãos a obra e siga sua intuição alimentar e se mantenha no peso saudável ao seu organismo.

Texto escrito por Lucia Cianfarani/ Psicóloga, tomando como base o livro mangez em Paix de Gerard Apfeldorfer, edição 2008/2009.

Fonte: Nutrição e Saúde na TV

Poderá gostar:

O preparo de refeições rápidas

Acerte na escolha dos salgadinhos

Escrever uma resposta ou comentário

Subscribe!

Vá para o Topo