Thelma Tschope Nutricionista CRN 25654
Marque sua consulta

(11)3768-0123
(11)99100-9661

Evden eve nakliyat platformu istanbul izmir van ve civarinda nakliye firmalari icin dogru yerdesiniz. Firmalarin listesi icin lutfen ziyaret ediniz. van nakliyat firmalari evden eve nakliye

Como diminuir as cólicas menstruais

Nutrientes que diminuem cólicas menstruais

As cólicas menstruais são dores agudas, intermitentes espasmódicas localizadas imediatamente acima do osso púbico e irradiando-se para as coxas e costas. É exatamente isso que milhares de mulheres sentem todo mês nos dia que antecedem a menstruação ou nos primeiros dias após o sangramento. Em algumas mulheres podem se tão severas a ponto de serem incapacitantes.E pior do que isso, as cólicas menstruais nunca vêm sozinhas. São sempre acompanhadas por outros sintomas como náusea, diarréia, palpitações, rubores, tonturas e dor de cabeça.

Algumas mulheres não suportam e recorrem a analgésicos e até antiinflamatórios para tentar espantar o mal-estar. Mas é bom saber que esses medicamentos poderiam ser trocados por nutrientes. Isso mesmo! Algumas vitaminas e minerais podem diminuir todos os sintomas da tensão pré-menstrual inclusive as cólicas.
A vitamina B3 ou niacina é um deles. Ela participa do funcionamento de mais de 200 enzimas metabólicas atuando, portanto, em uma ampla gama de processos orgânicos entre eles a síntese de hormônios sexuais modulando a ação desses e os sintomas da TPM.

A vitamina E é outra aliada. Ela pode aliviar a dor das cólicas menstruais por estimular a liberação de endorfinas. Uma causa importante da dor menstrual é a liberação de prostaglandinas pró-inflamatórias. Além de ativar o sistema de endorfinas, a vitamina E pode minimizar a liberação de prostaglandinas. Para que o efeito seja melhor o ideal é iniciar o consumo de alimentos ricos em vitamina E ou suplementos alguns dias antes da menstruação. Mas estudos mostram que doses mais elevadas podem diminuir a dor alguns momentos após o consumo.

O magnésio é outro nutriente com forte ação analgésica. Ele pode agir contra cólicas menstruais de dois modos. Primeiro diminuindo a liberação de prostaglandinas pró-inflamatórias, assim como a vitamina E. E segundo relaxando a musculatura uterina e seus vasos. E tem mais, a vitamina B6 aumenta a entrada de magnésio nas células da parede uterina. Portanto, vitamina B6 é outro nutriente aliado nesse tratamento.
Uma alimentação saudável pode trazer todos esses nutrientes na quantidade adequada. Mas não custa nada incrementar a alimentação com alimentos ricos em vitamina E, B3, B6 e magnésio.

Fontes de vitaminas:

Vitamina B3
Amendoim, castanha do pará, aves, carnes magras, leite, ovos, frutas secas, cereais integrais, brócolis, tomate, cenoura, abacate, batata doce e em grande parte dos legumes, verduras e frutas, etc.

Vitamina E
Óleos vegetais (amendoim, soja, palma, milho, cártamo, girassol, etc.) e o gérmen de trigo. As nozes, as sementes, grãos inteiros e os vegetais de folhas verdes também são fontes de vitamina E.

Vitamina B6
Batata com pele, banana, peito de frango, espinafre, tomate, abacate, salmão, atum, farelo de trigo, amendoim, dentre outros.

Magnésio
Amêndoas, nozes, frutas, leite, cereais em grãos e vegetais

Fonte: Nutrição e Saúde na TV, Corpo Perfeito

Poderá gostar de:

Shake, vale a pena substituir por uma refeição?

A alimentação na prevenção do câncer

Discussão:

Um comentário
  • maria fernanda disse:

    Eu faço de vitamina 6 100 MG da marca FDC, sofria muito de tensão pré menstrual e no período menstrual com dolorosas cólicas.
    Eu faço uso de uns 4 meses dessa vitamina e estou amando, porque mesmo usando anticoncepcional para diminui as cólicas o efeito não era tao esperado.
    Super recomendo.

Escrever uma resposta ou comentário

Vá para o Topo