Durma Bem

Gostou? Compartilhe

Você dorme bem? Quantas horas? Dorme a noite ou durante o dia?

Dormir pouco pode ser prejudicial à saúde? Pesquisadores afirmam que sim. Como nutricionista sempre questiono como é o sono dos meus pacientes. Vejo que grande parte dos distúrbios de ganho ou perda de peso podem estar relacionados com distúrbios ou condições imposta de privação de sono. Combino com eles de avaliarem como andam sua relação com o travesseiro. Alguns dos meus tratamentos dietéticos só alcançam êxito depois que o paciente faz mudanças em relação a suas noites de sono.

Uma paciente que já estava no seu 3º retorno comigo não havia alcançado a perda de peso. Como sempre cobro a pratica regular de exercícios, mas ela sempre dizia não ter animo. Foi onde investiguei o sono, daí não tinha dúvidas, era mesmo um distúrbio do sono influenciando na produção de hormônios que ajudam no emagrecimento e bem estar físico do dia todo.  Sugeri a ela que praticasse exercícios físicos no fim da tarde entre 18:00 e 19:00horas, pois a intenção era deixá-la com o corpo cansado fisicamente e não só mentalmente, e desta forma se entregar ao sono profundo e claro, deitando mais cedo do que o de costume. Os resultados com a perda de peso agora estão progredindo. O trio perfeito para este objetivo: dieta; exercícios e sono adequado.

Melatonina é um hormônio que se faz a noite e dormindo, quanto mais se dorme adequadamente mais ela é produzida propiciando um sono mais profundo e reparador físico. Dormir pouco ou trabalhar a noite tem demonstrado riscos de adquirir excesso de peso e resistência a insulina. Quem trabalha a noite dificilmente dorme mais de 5 horas de sono contínuo.

Sei que muitos podem dizer que 4,5,6 horas de sono lhe são suficientes, mas, não é o que dorme a maioria. Se a média de dormir é 8 horas de sono, sempre peço aos meus pacientes experimentar este sonho impossível para alguns deles. A outra boa razão é que, se precisamos exercitar, com tão poucas horas de sono a musculatura não irá se recuperar adequadamente, podendo gerar mais cansaço e fraqueza ao invés de bem estar.

Fique atento com suas noites de sono antes de julgar a dieta, os exercícios, o stress, ou outra razão qualquer para seu cansaço ou excesso de peso.

Seu maior pesadelo pode ser seu sono ruim e você ainda está dormindo acordado para isso.

Tenha uma ótima semana de sono.

 

Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Thelma Tschope Nutricionista CRN 25654
Eu atendo em consultório em São Paulo, SP. Você quer agendar uma consulta comigo? Preencha os seus dados abaixo e entraremos em contato o quanto antes. coloca local para cadastro
Enviar