Estou com Esteatose hepática (gordura no fígado) e agora?

Estou com Esteatose hepática (gordura no fígado) e agora?

Gostou? Compartilhe

O que é Esteatose Hepática (Gordura no fígado)?

A Esteatose hepática, popularmente conhecida como “Gordura no Fígado”, e se não for tratada corretamente, ela pode provocar, a médio e longo prazo uma inflamação capaz de evoluir para quadros mais graves de hepatite gordurosa, cirrose hepática e até câncer no fígado.
Quando as células do fígado são infiltradas por células de gordura em excesso acontece a esteatose hepática. É importante lembrar que é normal haver presença de gordura no fígado, no entanto quando este índice chega a 5% ou mais o quadro deve ser tratado o mais rápido possível.

Nesses casos, o fígado não só aumenta de tamanho, como também adquire um aspecto amarelado. Dependendo da situação, se for critica, o transplante pode ser a única indicação.
Porém o quadro é reversível, para isso é necessário seguir as orientações médicas e fazer mudanças de estilo e hábitos de vida, que devem ser mais saudáveis.

Quais são os sintomas da Esteatose Hepática (Gordura no fígado) ?

A gordura no fígado geralmente não tem sintomas, nos quadros leves. Normalmente se descobre a gordura no fígado num exame de rotina. Porém nos quadros um pouco mais avançado a pessoa percebe os seguintes sinais:

  • Dor no abdômen.
  • Cansaço.
  • Fraqueza.
  • Perda de apetite.
  • Aumento do fígado.
  • Barriga inchada.
  • Dor de cabeça constante.

Quando a doença está num estágio mais avançada, a principal característica é a inflamação e a fibrose que resultam em insuficiência hepática. Os sintomas mais comuns são:

  • Acúmulo anormal de líquido dentro do abdômen.
  • Doenças no encéfalo.
  • Confusão mental.
  • Fadiga.
  • Hemorragias.
  • Queda no número de plaquetas sanguíneas.
  • Icterícia (pele e olhos amarelados).
  • Fazes sem cor.
  • Alterações do sono.
  • Mudanças na coagulação.
  • Inchaço dos membros inferiores.
  • Aumento rápido do volume abdominal.

O diagnóstico é confirmado depois de uma ultrassonografia e eventualmente uma biópsia do fígado.
Se você tem o diagnóstico de gordura no fígado não precisa ficar desesperado logo abaixo vou descrever o que deve escolher para comer e  alguns alimentos que deve dar prioridade.

Qual a função do fígado?

O fígado tem a função de metabolizar e armazenar nutrientes que ficam prontos para ser absorvidos assim que passam por ele, por isso é um dos órgãos do sistema digestório muito importante é como se fosse a grande usina do nosso corpo.

O fígado também é considerado uma glândula, possui cerca de 20 cm de largura e pesa, geralmente, mais de 1 kg. Ele está localizado na parte superior direita do abdômen muito próximo do estômago e é subdivido em 4 lobos: direto, esquerdo, caudado e quadrado.

Possui as seguintes funções:

  • Produção proteica;
  • Armazenamento de glicose, vitaminas e minerais;
  • Produção da bile (auxilia na digestão das gorduras);
  • Síntese de colesterol;
  • Desintoxicação de drogas, medicamentos e outras substâncias químicas.

É importante lembrar que a esteatose tem cura, principalmente quando ainda está nos estágios iniciais. O ponto chave para evitar a gordura no fígado é o controle do peso através da dieta e pela prática de atividade física (desde que com consentimento médico), controlar os níveis glicêmicos, de colesterol e triglicérides. A suplementação de vitamina E também tem demonstrado resultados promissores no tratamento da doença.

A falta de tratamento leva a uma destruição gradual dos hepatócitos, as células do fígado, o que pode acarretar em fibrose e perda da arquitetura funcional do fígado (cirrose hepática). A partir daí não há reversão do quadro, e em casos mais graves faz-se necessário o transplante hepático.

Você pode prevenir a gordura no fígado

Evite:
  • Excesso de bebidas alcoólicas;
  • Açúcar refinado;
  • Refrigerantes;
  • Sucos de fruta industrializados;
  • Bebidas açucaradas;
  • Excesso de Doces;
  • Carboidratos refinados, como
  • Pães e massas.

BAIXE SEU E-BOOK GRÁTIS

Para te ajudar vou te falar de alguns alimentos que possuem ação detox que auxiliam o fígado no seu trabalho.

Não deixe faltar estes alimentos nas suas refeições.

Limão

Tome água a temperatura ambiente com limão assim que acordar em jejum.
O limão estimula a liberação de enzimas digestivas desintoxicantes facilitando a desintoxicação do fígado e a eliminação das impurezas pelo organismo.

Abacate

O abacate é rico em fibras e em glutationa é rico em gorduras boas que geram energia para o corpo.
E você pode fazer vitaminas, comer ele com chocolate ou até colocar nas saladas.
Só o abacate com sal e limão fica uma delícia! Se ainda não experimentou experimente, fica muito bom.

Maçã

Alimento importante rico em fibras auxiliando o trabalho do intestino, tem substâncias antioxidantes, protegendo o fígado contra os radicais livres.
a beterraba também pode ajudar ela é rica em betalaína, está substância é responsável por participar do reparo e regeneração celular no fígado.

Açafrão

O açafrão pode ser usado para o tratamento inflamatório do fígado.

Repolho

Fácil de encontrar e fazer, o repolho é rico em enxofre que auxilia na eliminação de metais pesados do organismo, rico em fibras que regulam o sistema digestivo.

Couve

Ela possui alto teor de fibras pode ser usado em sucos, refogada e em saladas, possui glutationa e é antioxidante

Chá-verde

Rico em antioxidantes que aceleram as atividades do fígado e aumentam a síntese de enzimas com efeito desintoxicante.

Gengibre

Acelera o metabolismo e reduz os efeitos nocivos ao fígado.

Além destes alimentos tomar água é importante, é fundamental estar hidratado para ajudar o seu fígado a trabalhar melhor.
Alimentos como couve-flor, brócolis, rúcula possuem compostos bioativos por isso são capazes de acelerar a eliminação de substâncias estranhas pelo fígado.

Estes são alguns alimentos que podem te ajudar, mas além de ter uma alimentação balanceada é importante que mude seus hábitos, é que só consumir alimentos de ação detox, pode não ser o suficiente para tratar e curar a esteatose hepática.
Então além de ter uma alimentação equilibrada em todas as refeições fazer exercícios regularmente vai te ajudar a evitar a gordura no fígado e caso tenha vai te ajudar a tratar.

Se você tiver alguma dúvida sobre este assunto ou sugestão de conteúdo deixe aí nos comentários.

 

Gostou? Compartilhe

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir conversa
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos ajudar?
Powered by