Thelma Tschope Nutricionista CRN 25654
Marque sua consulta

(11)3768-0123
(11)99100-9661

Evden eve nakliyat platformu istanbul izmir van ve civarinda nakliye firmalari icin dogru yerdesiniz. Firmalarin listesi icin lutfen ziyaret ediniz. van nakliyat firmalari evden eve nakliye

Você sabe escolher seus legumes e verduras?

Você sabe escolher seus legumes e verduras?

Você vai às feiras e supermercados, mas não sabe escolher bem suas verduras e legumes? Veja aqui as dicas para você ter o melhor destes alimentos!

1. ACELGA, CHICÓRIA, BERTALHA, ESPINAFRE, MOSTARDA E OUTRAS FOLHOSAS – Devem ser frescas, tenras, limpas e sem marcas de insetos. A tonalidade verde destas varia segundo a espécie da planta, indo do verde claro da acelga ao verde escuro do espinafre. As folhas murchas, danificadas, amareladas, não devem ser utilizadas, pois sua qualidade não é boa.

2. BATATA INGLESA – Deve ser lisa, firme, de tamanho mais ou menos uniforme e limpa. Batatas murchas e coriáceas devem ser evitadas. A cor verde que se observa às vezes na sua superfície é causada pela exposição prolongada ao sol. Estas partes verdes tem um gosto amargo e devem ser eliminadas ao se descascar a batata, o que representa desperdício.

3. BERINJELA – Deve ser firme, de cor roxo – esverdeada a roxo – escura, e sem manchas. Quando muito madura, por ter sido guardada durante muito tempo, ou quando colhida muito cedo, tem aparência murcha, enrugada e mole, e o sabor pode ser amargo e desagradável.

4. BETERRABA – Deve ser lisa, firme e sem fendas. Beterrabas moles e murchas tem em geral sabor inferior. As passadas são duras e tem cicatrizes em torno da parte superior, onde as folhas já cresceram e caíram. Quando estão novas, as beterrabas tem poucas marcas de folhas. O sabor das de tamanho pequeno ou médio é geralmente melhor que o das grandes.

5. BRÓCOLIS – Devem ser frescos, limpos e não devem estar demasiadamente maduros. Devem ser colhidos antes que os botões tomem cor amarela, roxa ou branca, conforme a variedade e as folhas devem apresentar uma bela cor verde. Muito maduros são fibrosos e duros e as flores podem apresentar-se tão abertas que a cor é perfeitamente visível. Deve-se evitar os amarelos e murchos porque após a cocção, o sabor, a textura e também a cor não serão apetitosos.

6. CEBOLA – Deve ser limpa, dura, de boa forma e de cor brilhante. Não é de boa qualidade quando o caule da semente já se desenvolveu.

7. CENOURA – Deve ser firme, limpa, de aparência fresca, lisa, de cor alaranjada viva a laranja vermelhada e de boa forma. Não deve ser murcha, mole ou enrugada. As de forma irregular não devem ser escolhidas pois acarretam grande desperdício ao serem raspadas. As passadas são duras e fibrosas. A cor verde que às vezes se nota nas cenouras resulta de uma exposição prolongada ao sol durante o seu crescimento e não são boas, pois estas partes tem gosto demasiadamente forte.

8. COUVE – Quando de boa qualidade, deve ser fresca, limpa e sem marcas de insetos. Algumas variedades são verdes escuras, outras, como por exemplo a couve- manteiga, são verde-esbranquiçadas. As folhas murchas ou amareladas não devem ser utilizadas, pois sua qualidade não é boa.

9. COUVE – FLOR – É de boa qualidade quando se apresenta branca ou de tom creme, limpa, pesada,firme, compacta, com algumas folhas verdes por fora e sem vestígios de insetos. Deve-se evitar a que estiver manchada ou machucada, a não ser que se possa tirar a parte feia sem acarretar grande desperdício.

10. PIMENTÃO – Deve ser fresco, firme e lustroso, quanto à aparência. Deve ser carnudo e ter cálice verde. A cor muda de um belo tom de verde para vermelho vivo, à medida que amadurece. O verde é mais popular mas, para certos fins, o vermelho é preferido. Quando não estão frescos, apresentam-se murchos, flácidos, foscos ou de cor desmaiada. Manchas esbranquiçadas ou pretas, flácidas ou não, indicam que o pimentão não está bom.

11. PEPINO – O pepino deve ser firme, fresco, lustroso, ter boa forma e uma bela cor verde. As sementes devem ser imaturas. Os pepinos murchos ou enrugados devem ser rejeitados por serem duros e esponjosos e de sabor amargo. Quando o pepino tem aspecto fofo e amarelo, isto significa que está demasiadamente maduro.

12. TOMATE – Os de boa qualidade são firmes, lisos e de cor uniforme. Não apresentam partes podres, estragos causados pelo sol ou sinais na parte da florescência ou da haste. Quando tem aparência irregular, podem ser feios, mas servem perfeitamente para a cocção ou para suco, e saem mais em conta. Os insetos que estragam os tomates geralmente penetram pelo lado do talo. Muitas vezes o estrago só é notado depois de partir a fruta, o que representa um grande desperdício, visto que uma grande parte do tomate pode ter sido inutilizada ou mesmo o tomate todo.

Fonte: Sentir Bem

Poderá gostar:

Alimentos, chás, ervas e vida moderna

Faça suas compras de supermercado com sabedoria e prudência!!!

 

 

Discussão:

2 comentários
  • Paulo Rosas Moreira disse:

    Como vai Thelma !?
    Estou fora de casa há mais de 20 dias.
    Não tenho maiores conhecimento do assunto, porém,
    certa vez tive um contato casual em um consultório
    médico com um professor de biologia de uma universidade federal, que recomendou-me escolher justamente as fôlhas comidas por insetos, que era
    só lavá-las, porque isso indicava estar isento de
    agrotóxico.
    Existe essa possibilidade ou foi trote do professor ?

    • Thelma Tschope disse:

      Boa noite Paulo,
      Estou bem graças a Deus. Espero que a sua ausência na sua casa tenha sido a passeio.
      Eu não posso de garantir que o professor estava certo ou errado, mas faz sentido, pois eu já ouvi dizer que os animais costumam perceber quando os alimentos estão inadequados para consumo, Prometo que vou pesquisar para poder responder com mais certeza.
      grande abraço
      Thelma

Escrever uma resposta ou comentário

Subscribe!

Vá para o Topo